origem do terço da misericordia

Origem do Terço da Divina Misericórdia

O Terço da Divina Misericórdia é uma devoção baseada nas aparições que a Santa Faustina Kowalska recebeu de Jesus Cristo na primeira metade do século 20. Segundo o que foi relatado nos diários da própria Santa Faustina Kowalska, ela recebeu a primeira revelação de Jesus Cristo em 22 de fevereiro de 1931.

Na primeira revelação, Jesus Cristo teria aparecido para ela como Rei da Divina Misericórdia no quarto da Santa. Jesus Cristo estaria de branco com feixes luminosos vermelho e branco saindo do seu coração.

O encontro

Neste primeiro encontro, Jesus Cristo teria pedido algumas coisas para a Santa Faustina Kowalska, incluindo uma pintura sua idêntica a imagem que se apresentou para Santa, tal pintura deveria conter a inscrição “Jesus, eu confio em vós”.

Por não saber pintar, Faustina recebeu ajuda de terceiros e a imagem da Divina Misericórdia ganhou vida.

No mesmo ano que essa imagem foi exibida publicamente, 1935, Faustina escreveu em seu diário que teve uma visão a respeito do Terço da Divina Misericórdia. Segundo Faustina, a oração tem três propósitos, são eles:

Obter misericórdia, confiar na misericórdia de Cristo e mostrar misericórdia com os outros.

Segundo o relato da Santa Faustina, o terço da Divina Misericórdia foi ensinada para ela pelo próprio Jesus Cristo.

Divulgação do terço da misericórdia

A primeira pessoa que ficou sabendo das visões de Faustina foi o beato Miguel Sopocko, a quem a Santa fez uma confissão. Assustado com tudo que Faustina Kowalska havia lhe contato, Miguel Sopocko insistiu que Faustina fosse submetida a uma avaliação psiquiátrica completa.

Faustina aceitou fazer tal avaliação e o resultado surpreendeu o beato Miguel, Faustina foi considerada completamente sã. A partir dai o padre Sopocko começou a ajudar a Santa.

Algumas observações

O terço da misericórdia é normalmente rezado as três horas da tarde e serve principalmente para apelar a misericórdia de Deus para toda a Humanidade. Neste post temos algumas dicas sobre esses mesmo terço.

Ainda segundo os relatos da Santa Faustina, Jesus Cristo teria dito que concederia misericórdia para aquele que recitar o terço no momento da morte e que aquele que recorreu a sua misericórdia jamais se decepcionou.

O terço da Divina Misericórdia e a história da santa Faustina Kowalska são de grande importância, especialmente para a igreja Católica. Em 30 de abril de 2000, Faustina Kowalska foi canonizada em uma cerimônia presidida pelo Papa João Paulo II.